– Minha rotina de trabalho diário me irrita!

E foi esta a frase que eu ouvi daquela mulher de cabelos longos, corpo esguio vestido preto falando no seu Iphone na fila do Starbucks da Paulista. Ela pegou seu café, sentou ao fundo sem falar nada. Tinha uma expressão cheia de angústia e uma fisionomia muito preocupada. Abriu seu telefone e começou a teclar desesperadamente como se estivesse pronta a salvar o mundo (ou fugir dele). Era visível sua inquietação.

O telefone tocou. Atendeu a ligação dizendo que estava tomando um café. Precisava de ar para recuperar as forças e retornar a análise dos dados. Pediu desculpas e desligou o telefone. Agora a angústia parecia ter sido substituída por um sentimento de desânimo e um ar sombrio se fez no seu rosto, apagando a vitalidade dos seus trinta e poucos anos.

Você já se sentiu irritado com a sua rotina diária de trabalho? Sem paciência e querendo jogar tudo para o ar? Ou será que você está se sentindo assim neste momento?

Gostaria de dizer que como a respeitável profissional acima, muitos outros se encontram atualmente vivendo um período de alta pressão em seus ambientes de trabalho gerada pela crise do mercado nacional, pelas ações implementadas pela empresa e também por si próprio. Exatamente, a cobrança do eu-profissional é muito grande, pois visa executar SEMPRE uma tarefa com maestria causando assim irritação, falta de paciência e desânimo.

Se a sua situação profissional não lhe agrada no momento: MUDE. Mude através de um planejamento estratégico, através de um plano de transição de carreira ou de empresa, ou mesmo através de uma alteração nas suas responsabilidades diárias a partir de uma negociação com o seu Superior.

Entenda, se você riu do que eu falei acima e pensou que eu estou escrevendo anedotas, pense: Até quando você quer viver irritado com uma situação que você vive diariamente? Como anda sua saúde? Seu peso? Seu relacionamento com a sua família? Ok..vamos ver..como anda o seu relacionamento com os seus Superiores e com os seus pares? E o seu relacionamento com aqueles que colaboram com você? Há conflito em alguma dessas áreas? Se sim, MUDE CONSCIENTEMENTE.

Crie um plano estratégico para que você possa alterar a sua realidade atual. Pode ser que você execute este plano em alguns meses ou em um ano, mas você estará em movimento. Estar em movimento na direção do que você quer para a sua vida profissional REMOVE a irritação, a falta de paciência, falta de sono e o desânimo que abate sobre você no domingo à noite.

Por favor, não viva como a profissional que eu observei hoje no Starbucks. Você merece muito mais. Mudar é preciso! Ter uma vida profissional de qualidade é possível.

Forte abraço,

Coach Cristiane Monteiro

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *